Quais são os indicadores de RH que você precisa acompanhar?

Provavelmente, você já ouviu falar sobre os indicadores de RH, né? Mas talvez você não conheça todos ou não se lembre de alguns. Por isso, nós da Allya vamos relembrar o que são e quais são esses indicadores tão importantes para o setor de Recursos Humanos. Se você está curioso para saber quais são eles, então continue a leitura! 

O que são indicadores de RH?

Vamos relembrar! Os indicadores de RH são métricas que auxiliam a medir a performance da área de Recursos Humanos durante determinado período. 

Esses indicadores fornecem uma visão mais clara sobre os resultados das ações realizadas ao longo do tempo pelo departamento. 

Dessa forma, esses resultados ajudam os profissionais desse setor a tomarem as melhores decisões no futuro e escolherem as principais mudanças. 

Quais são os indicadores de RH?

Agora, veja a nossa lista com os indicadores de RH que você deve conhecer e utilizar na sua empresa. Confira:

  1. Percentual de vagas fechadas 

O percentual de vagas fechadas em determinado período está relacionado com o processo de recrutamento e seleção. 

Esse indicador mostra se as vagas de trabalho foram preenchidas no tempo determinado. Portanto, se as posições em aberto não forem fechadas em tempo hábil, algo está errado no planejamento da contratação. 

Existe uma fórmula para descobrir se esse índice está mais próximo de zero, que é o valor mais ideal. Veja:

Quantidade de vagas fechadas no prazo (%) = vagas fora do prazo ÷ total de vagas x 100.

  1. Rotatividade ou Turnover

O indicador de rotatividade ou Turnover revela o percentual de desligamentos de funcionários e a entrada de outros para substituí-los.

Sendo assim, quanto menor esse índice, mais eficiente são os setores de recrutamento e seleção da empresa e melhor é o ambiente de trabalho. 

Esse índice é muito importante para a saúde financeira da empresa, já que um alto nível de turnover pode gerar diversos gastos com demissões e novas contratações. 

A fórmula para calcular essa taxa é: Turnover (%) = número de funcionários desligados ÷ número total de funcionários ativos no mesmo período x 100.

  1. Absenteísmo 

O indicador do absenteísmo revela a ausência dos profissionais no trabalho causada por faltas e atrasos, seja por qualquer motivo. 

É preciso analisar o período de atraso e a quantidade de faltas de cada funcionário para entender o índice de absenteísmo. 

Esse fator é muito importante para o RH porque demonstra alguns possíveis problemas geradores das faltas e atrasos, como problemas com a saúde, estresse financeiro, desmotivação, clima organizacional ruim, entre outras causas. 

Se existe uma frequência alta de absenteísmo por parte da maioria dos colaboradores, então o departamento de Recursos Humanos precisa entender os sinais das ausências dos funcionários. 

  1. Taxa de uso dos benefícios

É possível criar um KPI (Key Performance Indicator – Indicador-Chave de Performance) para medir o uso dos benefícios corporativos. 

Ao oferecer um benefício aos colaboradores, o RH precisa saber se realmente eles estão usando e se são eficientes. 

Afinal, se os trabalhadores utilizarem os benefícios e se sentirem satisfeitos com eles, outros indicadores serão impactados. 

Uma pesquisa da US Employee Benefits Trends Study da Metlife revelou que 41% das empresas participantes utilizam seus programas de benefícios com o objetivo de reter talentos. 

Portanto, é extremamente importante garantir que os colaboradores usem os benefícios, então faça pesquisas de satisfação, crie relatórios de adesão e ofereça benefícios eficientes e atraentes para os seus funcionários. 

O benefício da Allya oferece uma plataforma de desconto para o colaborador economizar em diversas compras no dia a dia, então #ficaadica para apostar em benefícios vantajosos e diferenciais do mercado! 😉

Ah, além disso, é possível acompanhar os indicadores que mostram quantos funcionários já aderiram ao benefício e a porcentagem de utilização. 

  1. Clima organizacional

O clima organizacional pode ser avaliado por pesquisas aplicadas nos funcionários da sua empresa. 

Faça formulários com perguntas relevantes sobre o ambiente de trabalho, como o relacionamento com os colegas, relação com os líderes, visão de crescimento profissional, realização das tarefas cotidianas, salário, benefícios corporativos, entre outras. 

Através dos resultados de todas as respostas dos trabalhadores, o RH conseguirá medir o clima organizacional. 

Se a maioria das respostas for negativa, então o setor de Recursos Humanos precisa agir em cima dos problemas apontados. Caso o clima no trabalho for bem avaliado, o ideal é manter esse nível. 

  1. ROI de Treinamentos

Sua empresa já mediu os retornos dos treinamentos aplicados nos funcionários? Se ainda não, então precisa calcular o ROI de Treinamentos. 

O ROI (Return On Investment) é um indicador que pode medir qualquer ação ou estratégia da instituição, inclusive os treinamentos. 

Veja como calcular: ROI (%) = (Ganho obtido – Valor do investimento inicial)/Valor do investimento inicial x 100).

Não existe um valor padrão para esse tipo de ROI, mas quanto maior, melhor! 

  1. Índice de satisfação dos colaboradores

O índice de satisfação dos funcionários consegue mensurar o grau de contentamento em relação à empresa. 

Para descobrir se os trabalhadores estão satisfeitos ou não é possível aplicar a ferramenta de e-NPS (Employee Net Promoter Score).

O e-NPS é um formato de formulário que pode conter várias perguntas sobre a empresa, solicitando que o profissional avalie com uma escala de 0 a 10.

Após receber as respostas, o departamento de RH irá descobrir o nível de satisfação dos colaboradores, como: 

  • Mais respostas com 9 ou 10: estão muito satisfeitos com a instituição;
  • Mais respostas com 7 ou 8: o nível de satisfação é médio, ou seja, nem muito ruim, nem muito bom.
  • Mais respostas com 0 a 6: não estão nada satisfeitos.

O que fazer se os indicadores não estão satisfatórios?

Após medir esses indicadores de RH e verificar que os resultados não estão aceitáveis, o setor precisa analisar os fatores para descobrir quais os erros das estratégias da empresa. 

Não é necessário se desesperar e ficar desanimado com os resultados dos indicadores, já que eles servem para monitorar as ações durante determinado período do ano e tomar as devidas medidas preventivas e corretivas.

Além disso, as ferramentas de RH também são importantíssimas para otimizar sistemas e operações que demandam tempo e dedicação dos profissionais desse departamento. 

Vale ressaltar que, além das ações para corrigir as falhas apontadas pelos indicadores,  existem diversos processos dentro do próprio RH que precisam ser aprimorados. 

Um desses processos é a gestão de parcerias através da plataforma de descontos da Allya para o setor de Recursos Humanos não gastar tempo indo atrás de parcerias em academias, cursos, lojas, entre outros interesses dos seus colaboradores. 

E aí, gostou de saber os principais indicadores de RH? Compartilhe com outros colegas de profissão para melhorar esses índices!

Posts Recentes

Categorias

Amanda Miquelino

Amanda Miquelino

Jornalista, apaixonada pelo SEO e pelo Marketing Digital. Estou desvendando o mundo do RH para encontrar os melhores benefícios corporativos que promovam o bem-estar aos colaboradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

document.getElementsByName('comment')[0].placeholder='Seu comentário aqui...'; document.getElementsByName('author')[0].placeholder='Nome (obrigatório)';