RH Estratégico X RH Operacional: qual o melhor?

Sabemos que o departamento de Recursos Humanos é um dos setores mais importantes dentro da empresa. Afinal, essa é a única área que consegue ajudar os colaboradores a se desenvolverem no dia a dia e, ao mesmo tempo, impactar positivamente para o crescimento do negócio. 

Mas você sabia que existem dois tipos de RHs: o RH Operacional e o RH Estratégico? Se ainda não, então leia o texto, a seguir: 

O que é RH Operacional? 

O RH Operacional também é chamado de RH Tradicional, já que possui tarefas e processos burocráticos. 

Consequentemente, a rotina dos profissionais desse setor é mais manual e com muitas etapas.

Dessa forma, esse time na empresa acaba realizando tarefas obsoletas, como folha de pagamento, busca por parcerias de descontos, recrutamento e seleção, entre outros.

Embora muitas dessas atividades sejam destinadas a essa área, elas não são realizadas de maneira estratégica e planejada.

Consequentemente, o profissional desse setor perde mais tempo realizando procedimentos simples, se torna mais exausto e não evolui ao fazer processos repetitivos.

Quais as funções do RH operacional?

Pode-se dizer que o RH operacional é um realizador de tarefas, já realiza suas funções sem nenhum planejamento e mensuração de resultados.

As principais funções realizadas por esse sistema envolvem procedimentos padrões criados há muitos anos pela empresa.

Além disso, alguns processos são ensinados em cursos profissionalizantes de RH, como a folha de pagamento, controle de ponto, criação de cargos e salários, recrutamento e seleção, além da saúde ocupacional no trabalho.

Como as funções são manuais e foram criadas para operacionalizar processos em grande escala, a estratégia e a avaliação dos resultados são ignoradas. 

Como o foco é na entrega e não na simplificação das etapas, os profissionais de RH passam muito tempo realizando as funções e deixam de criar processos estratégicos para o setor e para a empresa. 

O que é RH Estratégico?

O RH Estratégico, como o próprio nome diz, oferece processos estratégicos para desburocratizar o departamento.

O objetivo da implementação de um RH Estratégico é automatizar os procedimentos manuais, como controle do holerite, ponto de controle ou da gestão de parcerias, a fim de diminuir as etapas, digitalizar os processos com a tecnologia, tomar melhores decisões e descobrir os resultados dessas ações.

Esse tipo de RH enxerga o setor como fator crucial para o desenvolvimento dos funcionários e crescimento da empresa. 

Isso porque são coletados dados e indicadores de RH para descobrir os problemas e encontrar as melhores soluções tecnológicas. 

Quais as funções do RH estratégico?

Esse novo conceito do Recursos Humanos ainda é pouco explorado por muitas empresas que utilizam procedimentos manuais e tradicionais.

Por isso, algumas das suas funções são desconhecidas pelos profissionais dessa área. Veja quais são elas:

Visão de processos: é a partir dela que é possível descobrir como realizar processos de forma automática para tomar decisões mais assertivas. 

Liderança: existe uma certa dificuldade em criar perfis de liderança dentro do setor e, algumas vezes, em outras áreas. Por isso, o RH estratégico indica a criação de metas, cultivos de resultados práticos. 

Tecnologia da informação: essa é a maior aliada do RH estratégico, já que ajuda a capturar e a entender os dados. O objetivo dessa função é centralizar e automatizar os processos de forma rápida e eficiente. 

Comunicação: esse é outro pilar importante para que o RH se torne estratégico. Afinal, ele ajuda a identificar os melhores canais de comunicação para conscientizar e medir a aceitação das informações passadas aos colaboradores.

RH Operacional x RH Estratégico: as diferenças

Até aqui, você pode perceber que o RH Estratégico é uma evolução do RH Operacional. Mas vamos mostrar as diferenças especificamente, logo abaixo: 

1. Estratégia x burocracia

Enquanto o RH Operacional é reconhecido como um sistema burocrático, o RH Estratégico é caracterizado pelas estratégias que otimizam os processos e diminui o tempo das etapas. 

2. Padronização x cultura de inovação

O RH Operacional é marcado pelos processos padronizados criados pela empresa, já o RH Estratégico é focado na cultura de inovação, que adora tecnologias úteis e incentiva os funcionários a inovarem durante suas tarefas. 

3. Modelos autoritários x comunicação

Estruturas hierárquicas e modelos autoritários fazem do RH Operacional um sistema com pouco espaço para a troca de ideias. 

Mas quando o RH se torna estratégico, a comunicação interna é valorizada, as estruturas hierárquicas não são autoritárias, o ambiente se torna mais flexível e o clima mais saudável. 

4. Foco nos processos x foco nas pessoas

O RH Operacional é focado nas tarefas operacionais, enquanto o RH Estratégico está preocupado com o bem-estar dos colaboradores.

Dessa forma, o RH Estratégico busca entender e atender as necessidades humanas de cada trabalhador. 

5. Gestão de benefícios tradicional x flexibilidade 

O RH que possui uma gestão de benefício mais burocrática, tradicional e com padrões antigos, ainda é considerado Operacional. 

Porém, se esse setor oferece flexibilidade na oferta dos benefícios corporativos e utiliza esse incentivo como atração e retenção dos profissionais, então essa área já utiliza o modelo Estratégico. 

Por isso, se você quer desburocratizar seu RH e torná-lo mais estratégico, use a plataforma de parcerias da Allya que oferece milhares de descontos aos funcionários, além de otimizar e oferecer mais tempo para os profissionais desse setor. 

Qual o melhor modelo de RH para as empresas?

Enfim, após ver essas diferenças desses dois modelos de RH, nós acreditamos que o RH Estratégico é o mais ideal para as empresas. Veja as principais vantagens que comprovam essa escolha: 

  • Diminui a rotatividade de colaboradores.
  • Aumenta a produtividade no dia a dia. 
  • Os funcionários se tornam mais preparados. 
  • Desenvolve habilidades. 
  • Cria perfis de liderança. 
  • Atrai os melhores talentos do mercado.
  • Desenvolve uma marca empregadora forte. 
  • Melhora o clima organizacional.
  • Aumenta o engajamento dos funcionários.
  • Motivação na rotina do trabalho. 

Como transformar o seu RH Operacional em RH Estratégico?

Primeiramente, saiba qual é o formato do RH da sua empresa e crie as principais metas organizacionais.

Invista no setor de Recursos Humanos, entendendo as necessidade dos funcionários, realizando avaliações de desempenho e promovendo treinamentos.

Em seguida, realize as 4 ações do RH Estratégico: visão de processos, liderança, tecnologia da informação e comunicação.

Pronto para implementar o RH Operacional na sua empresa? Conte com a ajuda da Allya para otimizar os processos e aumentar o tempo da sua equipe. Aproveite e assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos! 

Posts Recentes

Categorias

Amanda Miquelino

Amanda Miquelino

Jornalista, apaixonada pelo SEO e pelo Marketing Digital. Estou desvendando o mundo do RH para encontrar os melhores benefícios corporativos que promovam o bem-estar aos colaboradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

document.getElementsByName('comment')[0].placeholder='Seu comentário aqui...'; document.getElementsByName('author')[0].placeholder='Nome (obrigatório)';