Veja como otimizar os processos de RH da sua empresa!

Este é um guest post escrito pela QRPOINT.

Ter uma empresa de sucesso exige uma boa gestão e, para isso, o investimento no setor de Recursos Humanos se tornou indispensável. Afinal, são eles que definem as estratégias a serem traçadas para alcançar os objetivos organizacionais.

Atualmente, o RH estratégico dentro das empresas tem se preocupado principalmente com a gestão de pessoas, já que as pessoas são o fator mais valioso de uma organização.

Portanto, o principal desafio dos empreendedores tem sido fazer essa administração de forma eficiente e produtiva. Por consequência, potencializar os processos de RH se tornou prioritário para uma gestão de sucesso.

Tendo em vista essa necessidade, nós da QRPOINT fomos convidados pela Allya para listar algumas dicas certeiras para otimizar os processos de RH da sua empresa. Veja a seguir:

O que são Processos de RH?

Processos de RH são metodologias, baseadas na Teoria Geral da Administração de Idalberto Chiavenato, que se resumem em seis práticas que visam atrair, selecionar, qualificar e reter os talentos (colaboradores) de uma empresa.

Essas práticas estão conectadas entre si pela sua relação em cadeia e pela importância mútua que carregam para o sucesso estratégico da organização — fator intrinsecamente ligado a uma gestão de desempenho bem estruturada.

Em virtude disso, todas devem receber igual atenção e ser executadas com excelência.

Portanto, fique atento e veja a seguir quais são os Macroprocessos de RH e como levá-los ao próximo nível!

Quais são os 6 Processos de RH?

Os 6 processos de RH em uma empresa são: 

  • agregar;
  • aplicar;
  • recompensar;
  • desenvolver;
  • manter;
  • monitorar pessoas. 

Confira abaixo cada um deles:

1. Processo de Agregar Pessoas

Esse processo tem como objetivo final a contratação de colaboradores com o perfil adequado para todo e qualquer cargo, com a intenção de agregar um capital humano capaz e qualificado à empresa.

2. Processo de Aplicar Pessoas

O processo de aplicar pessoas visa integrar os colaboradores selecionados à organização, alinhando-os em seus cargos e atividades e avaliando sua performance.

3. Processo de Remunerar Pessoas

Já esse procedimento tem a meta de remunerar de forma variável os colaboradores, recompensando-os pelas habilidades e competências que apresentam, assim como pelos resultados que trazem para a empresa.

4. Processo de Desenvolver Pessoas

Tal processo se preocupa em manter o colaborador se desenvolvendo não apenas dentro da própria área de atuação, como também mantendo uma janela aberta para o crescimento profissional em outras áreas.

5. Processo de Manter Pessoas

Aqui, a meta do setor de gestão de pessoas é manter os profissionais se sentindo satisfeitos e trabalhando motivados

A qualidade de vida do colaborador, principalmente dentro da empresa, é o principal foco. Gerar satisfação quanto à organização é fundamental nesse momento.

6. Processo de Monitorar Pessoas

Esse processo de monitoramento se foca em perceber o colaborador e como ele anda desempenhando suas funções. Assim, é preciso checar como está o autocontrole dele quanto às metas anteriormente traçadas e quanto aos resultados esperados.

Juntamente, essas atividades compõem os processos e subsistemas de recursos humanos nas organizações.

Entretanto, cada um deles, quando executado de maneira manual, envolve muitos processos mecânicos que acabam custando muito tempo aos gestores, que deveriam estar se atentando a outras preocupações.

Dessa forma, para que os processos sejam feitos da forma mais eficiente, segura e organizada possível, a utilização de recursos tecnológicos se torna indispensável na vida do gestor de RH.

Veja a seguir dicas valiosas de como otimizar os processos de RH e como aproveitar os benefícios da tecnologia para tanto:

5 dicas para otimizar os processos de RH da sua empresa

Agora traremos neste artigo cinco formas de aumentar a eficiência dos processos listados acima, confira então onde investir seus recursos no RH:

1. Automatize tarefas burocráticas

O uso da tecnologia no momento de otimizar os processos de RH é fundamental, afinal ela está presente para facilitar e dinamizar o trabalho do gestor.

Um ótimo exemplo disso é o QRPOINT, um software eficiente de controle de ponto digital, que substitui o uso de sistemas ultrapassados como o manual ou do custoso relógio de ponto.

O uso desse sistema te dará informações precisas e ordenadas sobre a jornada de trabalho dos seus colaboradores, facilitando a gestão e economizando tempo para que o foco possa ser no mais importante: as pessoas.

2. Otimize o processo de contratação

O setor de RH deve ter atenção redobrada na hora de criar estratégias para a seleção de colaboradores. Para isso, é importante baseá-las em conhecer o profissional, sabendo de seus hábitos, motivações, expectativas e necessidades.

Outro fator importante que você deve estar atento é a colaboração com os outros profissionais, afinal ele não trabalhará sozinho.

Juntamente, considere promover algum colaborador já dentro da organização para o cargo. Você conseguirá avaliar melhor as características de quem já está trabalhando com você há tempo, economizando em todo o processo.

3. Conheça os objetivos e metas da empresa

Entretanto, não guarde essa informação para você. Uma gestão eficiente vai necessitar que todos os colaboradores estejam alinhados aos objetivos da organização.

Para isso, facilite o acesso dos colaboradores a informações utilizando softwares de gestão.

O RH não deve perder tempo indicando individualmente a cada colaborador os objetivos da empresa, então deixe isso claro de forma geral, assim os direcionamentos individuais podem se focar na eficiência.

Essa é uma das formas mais práticas de aprimorar o endomarketing da organização.

4. Empregue um sistema eficiente de benefícios

Isso aumentará muito a satisfação e motivação dos colaboradores, fazendo com que se tornem mais produtivos.

Aqui, a dica vem da Allya, que pode ajudar a otimizar muito esse processo por meio de uma plataforma que fornece descontos exclusivos para colaboradores, possibilitando a economia do próprio salário.

Isso porque investir no bem-estar econômico do colaborador também gera motivação e produtividade, otimizando a execução das tarefas diárias.

5. Seja um conciliador

Como gestor, sua principal meta é o bem-estar do colaborador, portanto invista em pesquisas de clima organizacional, escute as opiniões de todos e se comunique de forma eficaz.

Para isso, forneça feedback constante e priorize a coerência na tomada de decisões, buscando sempre favorecer a justiça acima de interesses pessoais dentro da empresa, respeitando a cultura organizacional.

DICA BÔNUS: Conte com a gente!

QR Point e a Allya se uniram com o propósito de contribuir com o desenvolvimento do setor de RH, para que seus gestores possam focar naquilo que realmente importa: AS PESSOAS!

Posts Recentes

Categorias

allya

allya

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

document.getElementsByName('comment')[0].placeholder='Seu comentário aqui...'; document.getElementsByName('author')[0].placeholder='Nome (obrigatório)';