Passo a passo para criar uma reserva de emergência

Muitos brasileiros não possuem o hábito de se preparar para imprevistos financeiros e não possuem uma reserva de emergência. Pensando nisso, nós da Allya queremos incentivar essa prática e, por isso, criamos um passo a passo para você criar a sua própria reserva financeira. Saiba mais abaixo!

O que é reserva de emergência?

Se você não sabe o que é e como fazer uma reserva de emergência, não tem problema porque iremos contar tudo sobre ela! 

Essa reserva é a junção de um montante de dinheiro que deve ser utilizado apenas em situações inesperadas, como despesas com saúde, educação e desemprego. 

Todo mundo precisa ter esse tipo de reserva financeira, afinal, todo mundo corre o risco de perder o emprego, ter um problema de saúde, precisar pagar algo especial na escola dos filhos, entre outras situações. 

O valor mais indicado para essa reserva de emergência é 12 vezes o seu custo fixo, ou seja, a soma de todas as suas despesas básicas (aluguel, alimentação, conta de energia, conta de água, entre outras).

Passo a passo para criar a reserva de emergência

Agora veja o passo a passo para seguir e iniciar a sua reserva de emergência:

Passo 1: controle financeiro

O primeiro passo é a identificação das suas receitas (o que ganha) e despesas (o que gasta).

Tenha um controle financeiro bem detalhado para ter noção de onde o dinheiro vem e para onde ele vai. 

Existem diversos aplicativos e planilhas inteligentes que são gratuitos e podem te ajudar no controle para a reserva de emergência. 

Passo 2: corte os gastos supérfluos 

Faça uma lista de prioridades em ordem crescente para identificar o que pode ser cortado para não atrapalhar a sua reserva emergencial. 

Se as despesas forem em conjunto com mais alguém, então peça a participação na hora de priorizar os gastos e indicar o que pode ser cortado. 

Só tenha cuidado em cortar os gastos em excesso e mudar a qualidade de vida e o bem-estar da sua família. 

Passo 3: comece a poupar

Você já sabe quais são seus ganhos, despesas fixas e gastos cortados. Então agora é hora de ter em mente qual o valor que deve ser poupado mensalmente para colocar na sua reserva de emergência. 

Procure economizar com as compras no dia a dia para sobrar dinheiro para a sua reserva financeira.

Nossa sugestão é o aplicativo com cupons da Allya que oferece economia em diversos tipos de compras, como em mercados, restaurantes, farmácias, cursos, e-commerces, terapia, entre outras opções. 

Passo 4: onde guardar

Muitas pessoas optam pela poupança em banco para guardar sua reserva de emergência, mas não existe somente essa opção. 

Você pode escolher o destino do dinheiro poupado em diferentes tipos de investimentos para fazer sua reserva crescer. 

Estude as opções mais seguras de investimentos para colocar o seu dinheiro de acordo com seu perfil de investidor. 

O ideal é optar por um investimento que possa ser resgatado rapidamente em caso de emergências.

Passo 5: verifique constantemente sua reserva

Analise a cada 6 meses o valor da sua reserva de emergência para descobrir se já alcançou o valor mínimo mais indicado (12 vezes do seu custo mensal).

Se já alcançou, então estude outros objetivos e metas financeiras que deseja alcançar. Se ainda não, então mantenha o foco para conseguir criar sua reserva de emergência. 

O RH pode ajudar na reserva de emergência dos colaboradores?

Sim, os RHs das empresas podem ajudar com o incentivo da criação da reserva de emergência para promover o bem-estar financeiro aos funcionários da empresa. 

Afinal, quando os trabalhadores se sentem seguros em relação com suas finanças pessoais, o foco, a motivação e a produtividade no trabalho só tendem a aumentar. 

E aí, os profissionais da sua empresa possuem uma reserva de emergência? Converse sobre a importância dessa segurança financeira e incentive a criação dessa poupança para a vida! 

Posts Recentes

Categorias

Amanda Miquelino

Amanda Miquelino

Jornalista, apaixonada pelo SEO e pelo Marketing Digital. Estou desvendando o mundo do RH para encontrar os melhores benefícios corporativos que promovam o bem-estar aos colaboradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *