Employee Value Proposition: entenda o conceito e como aplicar!

Um dos pontos mais importantes ao criar uma estratégia de Employer Branding é desenvolver um EVP (Employee Value Proposition) sólido. Dessa forma, é possível fazer os talentos entenderem como a empresa se relaciona com seus colaboradores, a promoção da qualidade de vida no dia a dia, a criação da cultura organizacional, entre outros fatores.

Afinal, o Employee Value Proposition (EVP) acaba transmitindo um pouco do DNA da empresa para os funcionários e futuros candidatos às vagas. Por isso, ter uma mensagem clara e objetiva ajuda no direcionamento, motivação e até engajamento do profissional com a marca. Neste texto, explicamos tudo sobre esse conceito. Confira, a seguir!

O que é Employee Value Proposition?

É cada vez mais comum que os profissionais avaliem o valor da marca ao buscar por novas oportunidades no mercado e aceitar uma nova proposta de emprego.

Aliás, cada vez mais os trabalhadores qualificados entendem que assim como a empresa recrutadora, também possuem valor de negociação na contratação — é aí que o Employee Value Proposition faz a diferença.

Como mencionamos, o EVP também transmite o DNA da marca em relação aos cuidados com o colaborador e com a sociedade.

Trata-se de uma estratégia que soma tudo o que é oferecido ao colaborador. Em tradução livre, significa “proposta de valor ao empregado”, ou seja, está diretamente relacionado ao valor da marca e a oferta ao funcionário — não somente o salário oferecido na proposta.

Portanto, podemos afirmar que apesar de ser um termo atual, o conceito do EVP já existia, ainda que não fosse conhecido por esse nome. 

Como definir o Employee Value Proposition na empresa?

Propositalmente ou não, toda empresa já possui o Employee Value Proposition, mas talvez não tenha esse conceito bem definido e aplicado da melhor forma.

Um bom ponto de partida seria analisar a comunicação interna da marca, sua cultura organizacional, visão, missão e valores, pois são pontos importantes para definir o Employee Value Proposition, além de ajudar a alinhar os valores da marca. Além disso, a comunicação interna auxilia na etapa de definição, bem como a direção da empresa para todos os públicos. 

O Employee Value Proposition define como as pessoas enxergam a marca empregadora, ou seja, a opinião das pessoas e colaboradores sobre como é trabalhar na empresa.

Com o passar dos anos, sites especializados na transparência em relação à marca empregadora ganham força, como no caso do Glassdoor, em que os empregados tem um canal aberto para comentar sobre e avaliar como é trabalhar em determinada empresa a partir de tópicos, como:

Também existe o Great Place To Work, um selo de certificação para empresas que se preocupam com os principais requisitos para tornar o ambiente de trabalho em um ótimo local para exercer funções.

Essas iniciativas têm feito cada vez mais empresas se empenharem na busca pela melhoria da percepção do colaborador sobre a sua marca empregadora. 

Como aplicar o Employee Value Proposition na empresa?

Em primeiro lugar, o ideal é o time fazer uma reflexão e entender tudo aquilo que envolve algum tipo de valor em bem-estar, cuidado, conforto e qualidade de vida para os colaboradores. Esse entendimento ajudará a agregar valor ao colaborador, além de entender como atrair quem deseja fazer parte do time.

Esse valor não se refere ao preço em si, por isso, é válido considerar os benefícios oferecidos pela sua empresa.

Além disso, é necessário realizar um brainstorming com o time para formular uma lista com tudo aquilo que a empresa oferece versus o que poderia oferecer. Vale também fazer um benchmarking para ver o que os profissionais têm avaliado como ponto positivo, e assim ter outras referências e entendimento sobre o mercado.

Dentre essas preferências podem aparecer: benefícios flexíveis, pet day, day-off, snacks, entre outros. Aliás, vale reforçar que quando falamos sobre o valor agregado, não nos referimos ao preço de uma iniciativa, vai muito além.

Para te ajudar, a nossa dica para agregar valor é a oferta de benefícios flexíveis e diferenciados, como a Allya — uma plataforma digital que oferece descontos aos colaboradores em todos os tipos de compras. Com esse benefício é possível ganhar descontos em:

Quando começar a aplicar o EVP?

Agora, cabe aos profissionais de RH realizar uma pesquisa de satisfação com os funcionários para verificar os pontos fortes e fracos da empresa para melhorar e tornar a marca empregadora mais atrativa no mercado.

Aliás, não é necessário realizar ações que tenham custos elevados para fazer a diferença no Employee Value Proposition, já que existem benefícios corporativos com ótimos preços, como horário flexível, short friday, auxílio-creche e licença paternidade estendida.

Uma frase de Simon Sinek, autor britânico-americano e palestrante inspirador, representa muito bem o propósito do EVP nas empresas: “100% dos clientes são pessoas. 100% dos funcionários são pessoas. Se você não entende de pessoas, você não entende de negócios”.

Comece já a colocar em prática!

Após entender o conceito do EVP, comece agora a utilizar essa estratégia que faz parte dos projetos de Employer Branding, área cada vez mais demandada nas empresas. Lembrando que as estratégias de brainstormings e benchmarking vão ajudar você na busca pela atualização dos benefícios e pelo valor agregado aos colaboradores. 

Colocar essas dicas em prática vai ajudar a melhorar a imagem empregadora, causando a atração e retenção de talentos na empresa. Por isso, cuidar da cultura organizacional é fundamental para proporcionar felicidade corporativa aos integrantes da instituição.

Viu como a escolha dos benefícios corporativos pode te ajudar na estratégia de Employee Value Proposition? Para isso, indique a Allya na sua empresa! Aproveite e leia mais conteúdos como esse, assinando a nossa newsletter.

Posts Recentes

Categorias

Amanda Miquelino

Amanda Miquelino

Jornalista, apaixonada pelo SEO e pelo Marketing Digital. Estou desvendando o mundo do RH para encontrar os melhores benefícios corporativos que promovam o bem-estar aos colaboradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

document.getElementsByName('comment')[0].placeholder='Seu comentário aqui...'; document.getElementsByName('author')[0].placeholder='Nome (obrigatório)';