Dinheiro é a maior preocupação de 74% dos brasileiros: como o RH pode ajudar?

O dinheiro é a maior preocupação atual para 74% dos brasileiros nos últimos anos, segundo pesquisa publicada recentemente pela fintech Onze. O que esse número pode causar na sua empresa? Como seus funcionários são impactados pelos problemas financeiros? Nós da Allya vamos explicar tudo, logo abaixo. Confira!

O que a pesquisa diz sobre a preocupação com dinheiro?  

Três a cada quatro brasileiros apontam o dinheiro como sua maior preocupação, diz pesquisa publicada no site do G1.

O dinheiro ocupa a primeira posição das preocupações da população, logo depois a angústia pela família (60%), em terceiro a saúde (57%) e quarto lugar pelo trabalho (44%).

Essa pesquisa colheu respostas de 1.603 pessoas que trabalham em regime CLT. Esse dado causa  maior preocupação, já que esses trabalhadores costumam ter renda maior que os informais.

Ainda podemos destacar outros problemas relacionados com o dinheiro. Segundo os entrevistados: 

  • existe um sacrifício em  montar um “colchão” de conforto financeiro;
  • apenas 17,8% afirmaram que conseguem cobrir os gastos e poupar algum dinheiro ao fim do mês;
  • 42,7% disseram que a renda atual cobre os gastos, mas sem sobras;
  • 33,7% confessaram  que os gastos são maiores que a renda mensal;
  • 23,6% dos entrevistados não realizam nenhum controle financeiro.

Quais as consequências das preocupações financeiras? 

A pesquisa divulgada também mostrou as consequências das preocupações que envolvem dinheiro na saúde física e mental, além do impacto na produtividade no trabalho e nas relações pessoais.

Além disso, a pesquisa evidenciou como o chamado “estresse financeiro” impacta na vida dos entrevistados: 

  • 30,6% disseram que a preocupação constante com o dinheiro afeta o desempenho no trabalho;
  • os principais sintomas relatados foram a perda de sono pela aflição financeira (59,1%), perda de foco (54,8%), mau-humor e impaciência com colegas (20,3%) e necessidade de resolver pendências ao longo do dia (20%);
  • 54,5% dos entrevistados admitem que a preocupação financeira atrapalha a vida pessoal;
  • 62,3% sentem falta de energia para aproveitar o tempo com a família;
  • 47,9% reclamam sentir mau-humor e falta de paciência com os entes queridos;
  • 32,6% disseram ter desentendimentos com o parceiro;
  • 75% percebem influência dos efeitos do estresse financeiro na saúde mental;
  • os problemas que afetaram o bem-estar mental foram a sensação de ansiedade (71,6%), pensamento constante sobre pagamentos e dívidas (64,5%), desânimo (58,3%), irritabilidade (46,7%) e medo do futuro (45,9%).

O RH pode ajudar colaboradores com preocupações financeiras?

Se você é do setor de Recursos Humanos e ainda não percebeu que os problemas com dinheiro dos seus funcionários afetam a sua empresa, então nós vamos contar como isso acontece. 

Isso porque se considerarmos que 74% dos entrevistados relataram que o dinheiro é a maior preocupação atual e 31% afirmam que o seu rendimento no trabalho foi afetado, por esse problema, logo 1 em cada 4 trabalhadores CLTs são afetados pelo estresse financeiro. 

A pesquisa consultada ainda não aborda outros modelos de trabalho, como PJ (Pessoa Jurídica), por exemplo. Portanto, o número de trabalhadores com preocupações financeiras pode ser ainda maior. 

Sendo assim, o RH pode, sim, buscar alternativas para ajudar os profissionais com problemas com dinheiro que afetam sua saúde física, mental e financeira.

Por que o RH precisa cuidar da saúde financeira do trabalhador?

É muito importante reforçar a importância da preocupação com o bem-estar financeiro dos profissionais, já que esse fator impacta diretamente na entrega de resultados e, consequentemente, no desenvolvimento da empresa. 

Se você ainda não está convencido disso, saiba os motivos que vão fazer todo RH ficar atento à saúde financeira dos seus colaboradores. 

Veja os principais pontos que precisam da sua atenção, de acordo com uma matéria divulgada no site da VocêRH:   

  • 19% dos funcionários produzem menos quando têm contas em atraso;
  • 32% fazem trabalho extra quando falta dinheiro;
  • 37% buscam um novo emprego para pagar as contas e quitar suas dívidas;
  • os profissionais gastam 1,5 hora diária para resolver problemas financeiros pessoais;
  • possuem 1,5 vez mais chance de ter problemas com seus relacionamentos profissionais quando estão enfrentando esse tipo de situação;
  • a preocupação com o dinheiro pode levar a 8,8 vezes mais risco de os  colaboradores terem insônia;
  • 4,9 vezes mais risco de sofrer depressão;
  • 3,8 vezes mais possibilidade de ter ataque de pânico. 

Como o RH pode ajudar esses funcionários?

Sabemos que o setor de RH possui diversos desafios diários para cuidar do bem-estar dos colaboradores, por isso, precisam contar com fornecedores e tecnologias para tornar esse processo mais simples. Veja o que pode ser feito: 

  1. Crie um programa de Educação Financeira

A ajuda do RH é fundamental na criação de um programa de Educação Financeira, que pode melhorar os hábitos e costumes dos profissionais, mudando a maneira de lidar com o dinheiro.

Esse programa pode compartilhar dicas por meio de palestras, consultorias e workshops, ajudando os colaboradores no planejamento financeiro e, consequentemente, na saúde financeira, física, mental e na produtividade na empresa.

  1. Ofereça ferramentas que incentivem o controle dos gastos

O RH pode incentivar os funcionários a utilizarem ferramentas que ajudam no controle dos gastos, como planilha de orçamento mensal e aplicativos financeiros.

Oferecer esse tipo de material ajuda o colaborador a ter mais consciência sobre o uso do dinheiro, assim como na busca pela mudança de hábitos diários. 

  1. Ofereça benefícios corporativos financeiros

Por fim, para ajudar o RH em relação aos colaboradores que precisam de ajuda com o dinheiro, nossa dica é buscar por fornecedores de benefícios financeiros que se tornem aliados nessa missão. 

A Allya é um exemplo disso, já que realiza toda a gestão de parcerias de descontos para o RH, promovendo economia ao funcionário para seu salário render mais.  

Agora que você sabe que o dinheiro é a maior preocupação da maioria dos brasileiros e como o RH pode ajudar os colaboradores a cuidarem melhor da saúde financeira, assine a nossa newsletter e indique a Allya na sua empresa!

Posts Recentes

Categorias

Amanda Miquelino

Amanda Miquelino

Jornalista, apaixonada pelo SEO e pelo Marketing Digital. Estou desvendando o mundo do RH para encontrar os melhores benefícios corporativos que promovam o bem-estar aos colaboradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

document.getElementsByName('comment')[0].placeholder='Seu comentário aqui...'; document.getElementsByName('author')[0].placeholder='Nome (obrigatório)';