Como cuidar do bem-estar social dos funcionários no home office

O bem-estar dos colaboradores nas empresas se tornou uma pauta muito importante, principalmente no regime de trabalho home office. Por isso, o setor de RH precisa criar ações e iniciativas para manter a motivação, o engajamento e a produtividade lá no alto.   

Neste texto, vamos falar do bem-estar social dos profissionais no trabalho remoto. Saiba mais abaixo! 

O que é bem-estar social?

O bem-estar social é um conceito ligado com as relações pessoais dos indivíduos na sociedade. 

Esse tipo de bem-estar representa o nível da interação e engajamento do ser humano com outros seres em determinados ambientes. 

Essas interações podem ocorrer na vida pessoal e profissional, ocasionando benefícios para o nosso bem-estar e saúde mental. 

Por isso, as relações entre os colegas de trabalho são importantes para promover o bem-estar social, nos ambientes físicos e virtuais. 

O impacto do Clima Organizacional no bem-estar social 

Vamos lembrar rapidamente o que é Clima Organizacional na empresa: um indicador que mede a atmosfera do ambiente empresarial de acordo com as atitudes de todos os funcionários. 

Quando o clima na empresa está agradável, os funcionários conseguem ter boas relações entre os colegas no trabalho. 

Porém, quando o clima organizacional não é saudável, os colaboradores se sentem desmotivados e desunidos no dia a dia. 

Sendo assim, dependendo do clima organizacional, o bem-estar dos profissionais é impactado. 

Por outro lado, se não existirem boas relações entre os trabalhadores, o bem-estar social será impactado e, consequentemente, o clima organizacional também ficará ruim. É uma via de mão dupla!

Os efeitos no ambiente corporativo

Uma pesquisa da escola americana de negócios, a Thunderbird School of Global Management (EUA), realizada com profissionais do mercado de trabalho, mostra como a  hostilidade no ambiente de trabalho afeta diretamente o bem-estar do colaborador: 

  • 80% passam muito tempo pensando no episódio de hostilidade.
  • 78% sentem que o comprometimento com a empresa diminuiu.
  • 66% contam que o desempenho caiu.
  • 48% se esforçaram menos no trabalho. 
  • 38% diminuíram a qualidade do trabalho.
  • 25% passaram a descontar suas frustrações nos clientes.
  • 12% admitiram que deixaram o emprego pelo clima hostil.

Essa hostilidade apontada pela pesquisa mostrou quais são as ações que ocasionam esses sentimentos e atitudes:

  • Excluir ou ignorar a opinião de um profissional.
  • Não ser gentil no dia a dia, como não cumprimentar as pessoas no dia a dia.
  • Mexer no celular a todo instante ou manter conversas paralelas nas reuniões.
  • Isolar alguns membros da equipe.
  • Entre outras.

Esses comportamentos impactam o bem-estar social e a harmonia de conviver bem entre os colegas de trabalho, inclusive no ambiente virtual. Saiba abaixo!

Bem-estar social dos funcionários no home office

No último ano, milhares de empresas adotaram o esquema de trabalho home office para cuidar da saúde física dos colaboradores. 

Esse formato é uma das tendências de RH para 2021 e, por isso, ainda continuará por muitos meses.

Provavelmente, o teletrabalho será adotado como jornada oficial em muitas empresas, como muitas já aderiram. 

Impactos negativos do home office nesse tipo de bem-estar

Porém, o trabalho remoto gerou alguns problemas inesperados para o RH, como funcionários com esgotamento da saúde mental, falhas na comunicação, dificuldades de interação entre os colegas, entre outros. 

Sem dúvida, além do isolamento do convívio social, os trabalhadores tiveram suas relações profissionais alteradas no cotidiano. 

Afinal, no home office, não existem mais os brainstormings na sala de reunião, os almoços com a equipe, os happy hours após o expediente, a recepção dos novos funcionários, a despedida da saída de um colega, entre outras situações que aumentam a conexão entre as pessoas. 

Apesar do trabalho online ter seus pontos positivos, é inegável que o bem-estar social dos profissionais foi muito afetado. 

Como consequência, os colaboradores se sentem mais desmotivados, desinteressados pelo trabalho, produzem pouco, se sentem inseguros e com medo.

Como cuidar do bem-estar social dos funcionários no home office?

O lado bom nessa história é que mesmo no ambiente virtual, o RH pode criar estratégias e promover o bem-estar social entre os profissionais. Veja o que pode ser feito: 

  1. Aplique uma pesquisa de bem-estar

Para saber o que os funcionários têm a dizer sobre o bem-estar social, principalmente por estarem trabalhando de casa, o primeiro passo é a aplicação de uma pesquisa sobre esse índice. 

As perguntas podem ser feitas por um questionário online para identificar quais são os pontos que estão impactando negativamente esse tipo de bem-estar. 

Pergunte aos colaboradores como estão as relações profissionais no trabalho, se as reuniões estão sendo participativas, se desejam mais eventos online da empresa, entre outras questões. 

Após receber as respostas, os profissionais de RH precisam analisá-las e entender os caminhos que devem seguir para promover o bem-estar social. 

  1. Mantenha os colaboradores conectados 

Sabemos que muitos trabalhadores estão com agendas virtuais lotadas com infinitas chamadas de vídeo ou por telefone que parecem que nunca vão terminar. 😅

Mas é preciso encontar alguma forma de manter os colegas de trabalho conectados, mesmo que por meio da tecnologia. 

Procure descobrir como eles gostam de interagir em ambientes virtuais, se preferem chats, e-mails, calls, ligações, entre outros meios. 

O ideal é ajudar a promover relacionamentos, com conversas e encontros online que estimulem o bem-estar social, sem precisar ser cansativo.  

  1. Crie um programa de bem-estar social

Um programa de bem-estar social pode ser criado dentro da empresa para focar em estratégias e promover esse tipo de bem-estar. 

As nossas dicas são as dinâmicas em grupo ou jogos interativos para os colaboradores se conhecerem e conversarem. A gamificação do RH está no mercado para ajudar as empresas a elaborarem games corporativos! 🎮

Traga também especialistas no assunto para conversarem sobre a importância de manter as relações profissionais, mesmo no ambiente online. 

O RH pode adaptar o bom e velho happy hour para o espaço virtual, a fim de aumentar a interação descontraída entre os colaboradores.  

  1. Ofereça benefícios de bem-estar 

Disponibilize benefícios corporativos que promovem os principais tipos de bem-estar: físico, mental, financeiro e, claro, social. 

Nossa dica é o benefício que incentiva o bem-estar financeiro, mas que também estimula a interação social: a plataforma de desconto da Allya

Isso porque esse benefício oferece mais de 30 mil parcerias de desconto em várias categorias, como saúde, educação, alimentação, beleza, lazer, entretenimento, entre outras. 

Com certeza, os funcionários irão interagir entre eles sobre esse benefício, indicando as melhores oportunidades de descontos, comprando produtos dos mesmos interesses, realizando cursos juntos, entre outras compras que estimulam o compartilhamento e a união entre os profissionais. 

E aí, o que você está fazendo para promover o bem-estar social na sua empresa? Conte com a Allya!

Posts Recentes

Categorias

Amanda Miquelino

Amanda Miquelino

Jornalista, apaixonada pelo SEO e pelo Marketing Digital. Estou desvendando o mundo do RH para encontrar os melhores benefícios corporativos que promovam o bem-estar aos colaboradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *